Ambiente Virtual de Aprendizagem

professor Francisco Queiroz

  • •Aumentar tamanho da fonte•
  • •Tamanho da fonte padrão•
  • •Diminuir tamanho da fonte•
Eventos Acadêmicos / Científicos


#SOSEDUCAÇÃO #SOSENSINOMEDIO GOVERNO DECIDE ACABAR COM O ENSINO MÉDIO!

•E-mail• •Imprimir• •PDF•

Resultado de imagem para acabar com a educação de qualidade

 

Nem o AI5 foi tão autoritário.


Que idiotice esta minha falar de AI5 a esses medíocres humanos anencéfalos. Eles não sabem o que é educação, AI5, autoritarismo e nem anencefalia também.

Medíocre classe média e dominante brasileira que valida o governo acabar pela terceira vez com o ensino médio:

1. DITADURA MILITAR - 1964
2. FHC E PAULO RENATO - 1998
3. TEMER E MENDONÇA - 2016

Meu Deus !

ENSINO SEM LICENCIATURAS?
SEM ARTES?
SEM EDUCAÇÃO FÍSICA? 
SEM FILOSOFIA? 
SEM SOCIOLOGIA?

A escravidão agora se manifesta pela hegemonia absoluta da dominação ideológica.

A ditadura assassinou milhares a base das armas, este governo oportunista sentado em um judiciário covarde e parcial, está garantindo a morte e a miséria intelectual de nossa sociedade, está com o sangue nas garras para acabar com a educação e com os direitos trabalhistas.

Mas porque?

Temer, Moro, Aécio, Renan, Serra não tem competência e nem inteligência para tamanha façanha. São marionetes nas mãos de alguém.

A questão é quem?

Quem desta vez está por trás do fascismo jurídico e político desse novo modelo de escravização da América Latina?

Quais grupos econômicos querem dominar a produção e as riquezas brasileiras?

Meu diagnóstico :

DESEMPREGO ACENTUADO? 
EMPRESAS BRASILEIRAS, ISSO INCLUI ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO E FACULDADES, SENDO VENDIDAS A GRUPOS ESTRANGEIROS;
CASINOS NO NORDESTE;
ZONAS LIVRES PARA JOGOS E PROSTITUIÇÃO (UMA CIDADE NO BRASIL COMO DUBAY, MÔNACO, LAS VEGAS, MACAU...).

E OS POBRES E A SUJEIRA? vão para de baixo do tapete, descarta - se. É um procedimento histórico.

 

SEMINÁRIO GESTÃO DE PROJETOS - ÁGORA

•E-mail• •Imprimir• •PDF•
•Avaliação do Usuário•: / 2
•Pior••Melhor• 

LINKS ARQUIVOS DO SEMINÁRIO

 

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - TEMA A INFORMALIDADE

•E-mail• •Imprimir•

O SIMPLES NACIONAL E A INFORMALIDADE: O caso do Mercado de Bebidas de Feira de Santana (BA).

 

Este trabalho analisou a eficácia da política pública, o Simples Nacional, em atingir aos seus objetivos de reduzir a informalidade, melhorar o ambiente de negócios dos micro-empreendedores e empreendedores individuais e fazer inclusão social do trabalho. É um estudo de caso do mercado de bebidas da cidade de Feira de Santana(BA), trabalhadores informais, desenvolvido numa abordagem empírico-descritiva, utilizou recursos estatísticos para definir a amostragem e as inferências, apresenta os dados da coleta em gráficos e tabelas. Discuti os conceitos de trabalho informal, de emprego e desemprego, baseando-se nos economistas e sociólogos heterodoxos em contraponto a ideologia neoliberal. Produz dados sistemáticos do objeto contribuindo para a análise do programa Simples Nacional e compreensão do fenômeno da informalidade, considera a informalidade um setor intrínseco e necessário ao sistema produtivo atual, mas que não tem o direito de produzir e gerar riqueza livremente, com um alto índice de informalidade, aponta a baixa aderência dos empreendedores do mercado de bebidas à política do simples nacional.

Palavras-chave: Trabalho. Informalidade. Política Pública. Micro-empreendedores

BAIXE AQUI O ARQUIVO DA DISSERTAÇÃO

contato: •Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.•

 

A ABNT e os trabalhos acadêmicos ( Evento Gratuito)

•E-mail• •Imprimir• •PDF•
•Avaliação do Usuário•: / 9
•Pior••Melhor• 

abnt_web.jpg

 

II Simpósio Internacional sobre Consciência

•E-mail• •Imprimir• •PDF•
•Avaliação do Usuário•: / 1
•Pior••Melhor• 

Descrição: C:\Users\Paula\AppData\Local\Temp\Save for Web\BrowserPreview_045.tmp\BrowserPreview.jpg